L&A: junho de 2013

meninas-jun13-02

Nem acreditei quando vi que o último post dessa série foi feito no ano passado! Estava mais que na hora de um L&A!

L: Participa do coral da escola, que se reúne duas vezes por semana antes das aulas. Diz ela que não quer participar mais no próximo ano. Mais porque não quer acordar mais cedo do que por não gostar de cantar.

A: Aprendeu a usar o superlativo (não me pergunte como!) e o emprega pra tudo. Quando se machuca, dói muitíssimo.

L: Adora livros em quadrinhos. Devora qualquer um desses (mesmo os grandes) em poucas horas. Inclusive, só agora despertou para os gibis da Mônica. Ela curte muito as historinhas e morre de rir lendo as revistinhas. Além dos quadrinhos, ela curte a série do Gerônimo Stilton e do Diário de um banana.

meninas-jun13-01

A: Fissurada em maquiagem. Vira e mexe, vai de fininho no meu banheiro, abre a gaveta onde eu guardo os poucos items de maquiagem que eu tenho e se lambuza toda. Depois vem onde eu estou e pergunta se está bonita.

L: Já se vira bem na cozinha, de certa forma. Sobe nas bancadas pra pegar coisas nos armários, abre a geladeira e se serve de leite sozinha, faz torradas na torradeira. Gosta de fazer ovo mexidinho, bem passado, sem gema ou clara moles.

A: Adora o Harry Styles do grupo One Direction. E eu que pensei que ia demorar mais pra chegar nessa fase!

meninas-jun13-04

L: Já ela é toda reservada e fica sem graça se eu pergunto qual é o menino mais bonito da mesma banda. ;) Ela finge que não gosta da banda mais, mas comprou um poster dos meninos na feira de livros da escola no mês passado.

A: Deu pra gritar por tudo. Quando se machuca, grita. Quando briga com a irmã, grita. Daqueles gritos fininhos bem agudos que deixa qualquer um fora do sério.

L: Se pendura de cabeça pra baixo no parquinho da escola. Eu fazia a mesma coisa nessa idade, mas hoje me dá um nervoso vê-la como macaca naquelas barras, girando ao contrário. Eu nem olho, melhor assim.

A: Adora desenhar e escrever. Reconhece todas as letras, escreve o seu nome, de todos na nossa casa e da melhor amiga. Os desenhos já tomam formas humanas, com os membros, olhos, nariz e boca. Daqueles que a gente guarda na caixinha de memórias.

meninas-jun13-05

L: Sofreu um pouquinho com a mudança de escola no início do ano, mas logo se enturmou na escola nova e a transição foi bem tranquila, segundo a professora. Ainda mantém contato com as amigas da escola velha. Vez ou outra liga pra elas e ficam no maior bate-papo no telefone. Só quis convidar as amigas da escola antiga para comemorar seu aniversário no boliche.

A: Tem pavor de insetos. No Rio, ficou toda empolada de picada de pernilongos. Super alérgica. Aqui, qualquer mosquinha que entra em casa (e olha que é só no verão que elas aparecem!) ela faz um escândalo.

L: Se deixar, vê televisão o dia inteiro. O. Dia. Inteiro. Não tem um dia sequer que não mando desligar a tevê pra fazer outra coisa.

meninas-jun13-03

A: Se é repreendida, abaixa a cabeça, chora, pede abraço e diz que nos ama. Tenho que segurar pra não rir. A coisa mais difícil é fazê-la pedir desculpas.

L&A: junho de 2012

al01

L: Vive cantando. O. Dia. Inteiro. Acho que não comentei aqui, mas quando fomos pro Rio no fim do ano, ela ganhou um CD da Adele da minha mãe. Durante a viagem, ela aprendeu TODAS as músicas, na ordem das faixas do CD e sabe TODAS. Não prestou, né? Quando voltamos, ela não parava de cantar Adele (ainda bem que eu gosto!). E é assim com qualquer música. Ela ensaiou umas músicas pra cantar na escola também, e ficava cantando aquilo o dia inteiro. Depois foi “Memory,” do show Cats (que vimos em abril). E ela canta forte, do fundo do pulmão mesmo, com direito a vibrato e tudo. Ela sempre pede pra ver clipes no You Tube e fica cantando. Ela é bem afinadinha, ainda bem. Quando a gente cansa de ouvir e pede pra ela parar, ela fica cantarolando baixinho a melodia da música, até quando escova os dentes!

A: A cada dia demonstra mais interesse por livros. Sempre que eu leio livros na hora de dormir, ela quer ler também. Folheia as páginas direitinho e conta a história, sempre em inglês. Outro dia, na comemoração de dia das mães na creche dela, eu a vi sentada com os amiguinhos num canto, lendo livro pra eles. Fofa! [Leia mais...]

Aos 8 anos, ela é uma rock star

8birthdayparty2

Começamos os preparativos da festa da Laura com pouco menos de 2 meses de antecedência. Ela tinha escolhido o tema Monster High (afe!), mas com jeitinho conseguimos concordar em trocar o tema pra rock star, meio Hannah Montana, mas sem personagem. ;) Escolhido o tema, comecei a procurar ideias na internet e escolhemos as cores da festa: azul e roxo. Criança dessa idade já não quer que a mãe escolha tudo por ela, então foi um processo colaborativo a fase do planejamento. Eu tive que usar de toda minha sutileza e psicologia pra tentar convencê-la das minhas ideias! :)

Modéstia à parte, acho que foi uma das mesas de festa mais bonitas que eu já fiz. Acho que só a combinação de cores já deu um efeito super bacana, porque nem precisou de muitos enfeites não. Comprei tecidos na loja de segunda mão (a toalha azul custou 3 dólares e a roxa, 4!), usei meus pratos altos que eu já tinha, fiz um outro prato alto com uma taça azul mais uma base de papelão, e fiz as bandejas baixas forrando caixas de cereal com papel branco e fita. [Leia mais...]

Aconteceu

tulipas

Porque quando os assuntos acumulam, a única solução é escrever tudo em notinhas:

* Meus pais voltaram pra casa ontem e já chegaram bem, graças a Deus. Ontem foi uma choradeira só, tanto que deu dó da Laura. Mas aproveitamos muito essas duas semanas que eles ficaram aqui. É sempre muito bom estar perto de quem a gente ama.

* Saíram minhas notas finais do primeiro período: 1 B+, 2 A- e 1 A. Isso quer dizer que eu mandei bem. :) Semana que vem volto pra escola de novo, dessa vez são 2 matérias em maio e junho, e 1 em julho e agosto. O período que eles chamam de “verão” é mais curto e muitos dos alunos sequer estudam de maio a agosto. Há menos disciplinas oferecidas nesse período também. Eu resolvi pegar matérias porque, né, tô pagando, então vambora estudar!

* A festa da Laura foi ótima, linda e maravilhosa! Tô doida pra escrever sobre a festinha e mostrar o que eu aprontei dessa vez. [Leia mais...]

L&A: fevereiro de 2012

LA-03

Tem quase meio ano que eu não faço mais um post da série L&A, olha só! Já estava na hora, né?

L: Perdeu mais dois dentinhos este ano. Agora está com duas janelonas enormes nos dois lados da boca! Cinco dentes nascendo.

A: A cada dia mostra a que veio. Ô personalidadezinha forte a dessa menina! Aos 3 anos já dá escândalo porque não quer vestir a roupa que eu escolhi, ou o sapato. Bem na hora de sair pra escola, cisma que não quer usar o ténis, tem que ser a bota de neve. Se joga no chão e tudo! Por conta desse comportamento temperamental já ficou de castigo mais vezes que a irmã, com direito a muito choro e manha pra sair do castigo.

L: Ganhou um patins quando voltamos de viagem do Brasil e amou o presente do Papai Noel (apesar de ter pedido um laptop – !!!!). Vive patinando pela casa, ainda bem que não tem mais carpete no chão! Ela patina direitinho, até de costas. [Leia mais...]

Filha de peixe, peixinho não é

livros

Minha filha não gosta de ler. Ela me disse isso com todas as letras um dia desses, em prantos, quando eu perguntava por quê ela não tinha trocado o livro da leitura de casa na escola naquele dia.

Diante de tal confissão tão verdadeira, eu, uma rata de livrarias e bibliotecas, senti como se o chão estivesse se abrindo e eu caía num abismo de decepção e tristeza profunda. Onde foi que eu errei? Eu comprei (e ainda compro) livros e mais livros para elas, leio pra elas na maioria das noites, levo na biblioteca para as contações de histórias, elas sempre me vêem lendo (não dizem que as crianças aprendem com nosso exemplo?). O que eu fiz de errado para que minha filha não gostasse de ler como eu? [Leia mais...]

Como expor e organizar os trabalhos de arte das crianças em casa?

IMG_0256

Na postagem anterior falei um pouco sobre a relação das crianças com a arte. E aqui está uma pequena amostra das obras-primas que as minhas duas filhotas criaram há alguns meses. Eu estava fazendo a faxina da papelada da escola e resolvi fotografar alguns dos trabalhinhos pra mostrar aqui.

Pintura e colagem

Tem coisa mais gostosa que pintar à vontade?

Para organizar eu sou prática. Comprei um fichário para guardar uma seleção dos trabalhinhos dentro de plásticos, como um álbum. Eu vou juntando toda papelada numa caixa e de tempos em tempos faço uma limpa. Guardo alguns, e jogo a maioria fora, ou mando pras avós. Não tem a mínima condição de guardar tudo. O fichário já está super gordo, tá na hora de comprar outro pra organizar, agora, as coisas da Alice. Eu gosto de guardar os mais bonitinhos ou os que representam melhor a fase em que elas estão.

A obsessão por círculos. Sempre que pega num lápis, ela faz bolinhas e espirais.

Auto-retrato. Ela é uma princesa mesmo. :)

Eu queria era arranjar um jeito de colocar os trabalhinhos em exposição. Eu gostei muito dessa idéia aqui: fazer uma colagem com os desenhos escaneados ou fotografados e revelar a montagem bem grande pra enquadrar. Esse outro link tem outras idéias legais de como decorar a sua casa com a arte das crianças.

A bandeira do Japão, por Laura.

Aqui ela tinha que desenhar o que aconteceu na história de um livro que a professora leu pra eles.

Um dia eu ainda monto minha galeria com as pinturas das meninas. Por enquanto só tenho duas telas da Alice em cima da lareira e outro quadrinho, também com uma pintura da Alice, no corredor. Longe de ser galeria. Ainda.

E você? Exibe a arte dos seus filhos em casa? Como você organiza a papelada que sempre chega da escola?

L&A: agosto de 2011

LA-08-07

L: Está curtindo de montão a colônia de férias, pra meu alívio. Em alguns dias ela pedia pra não ir, mas na maior parte do tempo tem curtido as atividades do verão. Fez amiguinhas novas, aprendeu brincadeiras novas, tem passeado pra caramba. Faltam 3 semanas pra acabar as férias, nas próximas duas ela ainda vai pra colônia. Na última fica em casa, com a Alice e comigo.

A: Está aprendendo, finalmente, a usar o vaso pro número dois. Como a irmã, ela não gostava muito do vaso e fazia sempre na calcinha. Ia pro cantinho dela no quarto e só avisava depois que já tinha feito. Agora estou incentivando a usar o vaso e já tenho tido um certo sucesso com a iniciativa. Ela ganha um adesivo toda vez que usa o vaso. [Leia mais...]