Quando ter o segundo filho?

Ana Paula

Jornalista e escritora carioca expatriada em Vancouver, no Canadá.

35 Responses

  1. Ana,

    Com o Renan é ao contrário, ele pede muito um irmão. Tente fazer com que a Laura veja o irmão (ou irmã) como um amigo dela, como uma pessoa que vai amá-la muito e que precisará dela. O que eu faço desde já com o Renan é dizer que o irmãozinho (a) dele será o NOSSO bebê e que precisará muito DA GENTE (eu, o Ronaldo e ele). Falo que ele precisará me ajudar e etc. Ele amou tanto essa idéia de “responsabilidade” com o irmão (a) que vive me cobrando. Creio que até o final do ano eu pense em encomendar o tão esperado irmão. Quero me sentir 100% preparada física e psicologicamente. Vá amadurecendo essa idéia bem devagar na cabecinha da Laura. Daqui a pouco ela que vai te cobrar. rsrs

    Beijão!!

  2. Dricota disse:

    hehehe spera 10 anos que nem minha Tia hehehehe o bom é que meu primo ajuda em tudo chega a ser grude demais hehehehe

  3. PatriciaUk disse:

    Acho que nao existe a hora certa de ter um segundo filho, tbem nao se pode pensar muito!!! O Tamer nasceu qdo o djem tinha 2 1/2 anos pois queria passar pela fase mais trabalhosa de uma vez!!rs Minha cunhada tem 5 e todos com apenas 18 meses de diferenca entre eles…… Vc vai saber a hora certa para a sua situacao, talvez ate tenha mais 2!Acho mais facil ter filhos fora do Brasil, no Brasil o custo e muito alto com eles, tudo muito caro. Vc ja percebeu, por exemplo, a diferenca de precos com brinquedos??Bjos x

  4. junior disse:

    Aninha,
    Acho que para a minha cunhada, faltou algum plano quando veio a vontade do segundo antes dos 2 anos da primeira. rsss
    beijos e boa semana pra ti

  5. Carol disse:

    Estou com o mesmo problema. Minha filha tem 2 e meio, estou na metade do processo de imigração e ela também não quer um irmãozinho. rs

  6. Cê vai me achar completamente pirada se eu disser que desde que a Bia tinha 6 meses eu já queria ter outra? Isso, outra menininha… Tb venho de uma família grande, somos 5 irmãos e não tem nada melhor que poder contar com eles em todos os momentos. Pq qdo os pais se vão, quem nos sobra nessa vida são os irmãos. Acho importante, saudável até.
    Mas e o medo da minha filha ser pequena, de ter que dividir o amor e atenção dela…minha mãe que diz: “Amor a gente não divide, só soma, multiplica!”
    Um grande beijo!

  7. Elisângela disse:

    Bahhhhh… eu já estou fazendo essa pergunta e mais uma: Realmente, ter mais um filho???
    Minha Sofia já está com 2 anos e 3 meses… e cada dia que passa estou mais convicta em fechar a fábrica – hehehe
    Infelizmente, o rumo que nossas vidas estão tomando, mantermos a esperança de termos dias melhores está cada vez mais difícil… com tanta violência, desigualdade social, aquecimento global…
    Tudo bem que as alegrias que a maternidade nos proporciona é nada comparável, certo?
    Mas… tenho medo, muito medo!

    Beijos

  8. eva disse:

    OI Ana,
    Acho que a hora de ter um filho varia de pessoa para pessoa. Vou contar meu caso: eu sempre falava que queria ter filho com diferença de 3 anos. Mas aí qdo estava com a minha filha fazendo 1 ano, descobri que já estava grávida. Na hora foi um choque, mas uma alegria ao mesmo tempo. O tempo passou, o primeiro ano dos dois pequenos foi muito difícil, mas foi a melhor coisa. Acabou que resolvemos vir para cá, viemos com os dois muito pequenos, 3 e 1 ano, e acabou que eles eram as companhias e amigos que tinham. Vimos como foi importante tê-los perto. Hoje são hiper amigos, fazem tudo junto, e realmente sentem muita falta um do outro. Parecem irmãos gêmeos. Depois, qdo ter o terceiro? Bom, aí esperamos estar bem por aqui, e pronto, o terceiro a caminho. A diferença agora foi bem maior, a Clara nasceu qdo meu filho tinha 4 anos e a maior 6. Mas sabe o que? Foi ótimo. Eles me ajudam prá caramba, se sentem mesmo irmãos mais velhos, e cuidam dela e brincam com ela o tempo todo, tentam ensinar tudo à ela. Ou seja, as duas opções foram ótimas, perto ou mais distante. Agora meu marido quer me convencer a ter o quarto! Ele sempre diz que temos que pensar que estamos aqui nesse país sozinhos, sem família, e com mais irmãos, no futuro pelo menos eles terão uma família maior com que contar. Pode ser meio apelativo, mas faz pensar.. Então não sei. Só o tempo dirá.
    Mas saiba, que na hora que vcs decidirem, sua filha vai curtir tb. Mude o papo para irmã, uma amiga sempre do lado para brincar…
    Bjs
    Eva Jucá

  9. Ciça disse:

    Meus meninos tem diferenca de 10 anos… tem tempo Ana… tem tempo…

  10. nanda disse:

    Apesar de nem ter o primeiro ainda (rsss), acho que deve ter um tempinho bom entre o primeiro e o segundo filho. Dá pra curtir bastante antes de ter o segundo, né???
    TInha uma época que a Laura pedia um irmãozinho, né?? As vezes ela ouviu alguma coisa e agora não quer mais.. rsrsrs
    Adorei a cara novo do blog, aliás, eu sempre gosto!!! ;c)
    Mas ficou lindo mesmo!!!
    Beijinhos

  11. Jaqueline disse:

    Ana, amei o novo template do seu blog! Ficou lindo!
    Eu sou apaixonada por imagens de lápis de cor! Show!!!!!!!

  12. Andrea disse:

    Oi Ana , olha não é só a Laura que não quer irmão , não ! a Giovanna tb fica tda rebelde qdo falamos que vamos encomendar um irmãozinho ou irmazinha pra ela, já tem até nome , Pedro ou Gabriela , outro dia ela teve um choro , porque dizia que ela era bebê e pronto ! acho que deve ser fase , né ? bjs e não demora muito não para encomendar , eu tb morro de vontade de ter mais um , falta coragem em tdos os sentidos.

  13. Andrea Steiner disse:

    Ana querida,

    Apesar dos milhares de comentarios que receberás, te digo que não há fórmulas. Minhas filhas tem uma diferenca de 7 anos e meio. E quem não queria era o papai…hehehe Se dizia satisfeito com uma so, com toda a violencia, inseguranca do Brasil não animavam ele a embarcar nesta viagem outra vez. Minha vontade e da Rafinha era enorme e nunca desistimos da ideia. Ainda bem pois viste a bonequinha que veio..hahahah
    Hoje chegamos a conclusao de que foi a melhor coisa para a Rafaela. Agora em pais longe da familia, ela nao se sentirá tão sozinha. Ter filhos é maravilhoso e ainda mais sabendo que poderás dar uma vida digna para elas no Canadá.
    Quanto a tua filhota, tens que deixar claro para ela que um um bebe na casa não vai tirar o lugar dela nem a atencão dos pais. Ela será sempre muito amada por voces.
    Dê o exemplo da familia de voces, que sao varios irmãos e todos muito felizes e muito amados por todos.
    Depois ela vai curtir muito, pois acabará sendo o bebê dela…hahah
    Bjs
    Andrea

  14. erika disse:

    gente, que coisa fofa deve ser a carinha dela chorando dizendo q nao quer ter imaozinho…tadinha! hehehe

    ih Ana, ta ferrada hein! ;-) beijocas mil.

  15. Sílvia disse:

    Ah! Isso é tão difícil, acho que a única verdade é que nunca saberemos ao certo quando.
    Eu ouvi meu instinto e fui… agora tamus aí :)

  16. Ana Paula disse:

    É, não tem receita de bolo, né? E as coisas nunca são como a gente pensa que são. Quando tiver que ser, será, isso eu tenho certeza. :)

  17. Ale disse:

    Sabe que pessoalmente eu nao gostaria de ter dois filho com idades tao proxima, durante o tempo que fui baba percebi que dois anos eh muito pouco. Em casa a diferenca entre eu e meu irmao eh de 5 anos, minha mae sempre dizia que era otimo assim, pq quando meu irmao nasceu eu ajudava, entao na minha mente 4 ou 5 anos eh uma boa diferenca. Mas percebo que sou quase unica nesse pensamento, a maioria das mulheres que conheco prefere a diferenca de 2 ou 3 anos, como vc colocou.
    De qualquer forma, talvez eu nunca va saber se estou certa em meu pensamento ou nao. Alias nao existe certo ou errado e sim o que eh melhor para os pais.
    BJS!!

  18. Tereza disse:

    Minha querida voce acertou quantos irmãos eu tenho só errou os do seu papai.Dona Ana teve uma filha do primeiro casamento e mais sete do segundo. Seu avô Alberto teve quatro filhos do primeiro casamento.
    Portanto, seu pai tem onze irmãos como eu.
    Ana,não fiques preuculpada com o que a Laurinha diz. Voce dizia a mesma coisa e ficou maravilhada quando a Cris nasceu, é só voce dizer para ela que ELA vai ganhar um nenem para brincar com ela. O nenem é dela e não seu.
    Não esqueça de fazer a pergunta direito.
    Pergunte corretamente e ela entenderá.
    Que pena que eu só tive duas filhas se eu tivesse tido mais uns cinco agora não estaria nessa boa vida sentindo tanta saudades de tudo que fizemos.
    Bom! Ainda desejo fazer muita coisa ainda na companhia de voces.
    Deus proverá.
    Um beijçao no teu coração

    • Olá… desculpe entrar no debate, mas vc me parece uma mulher sábia e sinto falta de ter alguem para me aconselhar, pois sou a mais velha de 03 irmãos., todos sempre me procuram para conselhos e ajuda, minha mãe hoje parece estar tentando resgatar o tempo perdido, esta separada depois de 22 anos de casamento e esta de namorado novo, o que acho ótimo! Bem, tenho um filho de 6 anos, o qual foi planejado milimetricamente…risos…quando leo nasceu todos os planos foram por agua abaixo, minha vida de uma hora para outra virou de cabeça para baixo e foi uma luta, de uma vida confortável passamos para uma vida extremamente regrada (se posso chamar aquela época de vida regrada) no trabalho as coisas iam mal, temos uma empresa e na ocasião ia tudo de mal a pior, neste período ao contrario da maioria, meu casamento na época com 2 anos, se solidificou, ficamos mais cúmplices, amigos e nem meu ciúme nos fazia brigar, hoje temos 8 anos de casados e ainda somos apaixonados, no entanto, meu marido não gostaria de ter outro filho pois alega que nossa empresa ainda depende de atenção e que uma criança recém-nascida iria me atrapalhar , mencionou também, que não teria estrutura psicológica para recomeçar, pois hoje nosso menino esta independente e já nos possibilita fazer coisas que não podíamos fazer, isto eu já conseguir reverter, pois expliquei a ele que não me sentia completa e ele por me amar aceitou a idéia, apesar de já ter 02 filhos do primeiro casamento. Moral da historia, sou uma pessoa só, criei meu filho sem ajuda de ninguém, leo foi criado debaixo dos meus olhos e asas e só eu sei a luta que tive, mas tudo valeu a pena e agora gostaria de ter outro, mas tenho medo de acabar sacrificando o Leonardo e até agora não sei o que fazer.

      Agradeço de vc ter dispensado seu tempo em ler minha mensagem, a achei seu conselho tão sábio e firme que lhe escrevi, boa sorte a vc e a todos de sua família.

      Cristiane

  19. Luma Kimura disse:

    É claro que eu não posso opinar com nenhuma segurança ou experiência, já que estou bem longe ainda de ter planos para um primeiro filho… mas sempre me miro na minha própria família. Eu tenho dois irmãos e me dou muuuuito bem com eles, minha irmã tem 5 anos a menos que eu e nós somos muito, muito amigas, sempre fomos. Acho que cada caso é um caso, depende de tantos fatores… eu não sei como vai ser quando eu achar que chegou a hora, mas tenho vontade de ter 2…

    Engraçada a reação da tua pequena… acho que o negócio é ir trabalhando a idéia na cabecinha dela, para quando chegar a hora, ela não ter esse tipo de medo… hehe.

    Beijinhos!

  20. Tricia disse:

    ai..ai…assuntinho complicado esse. Thais ta com dois e nove, e eu aqui, sem a menor condição (psico, financ, etc) de embuchar de novo… te entendo viu. Tsc..tsc.tsc.

  21. BYANKA disse:

    TAMBÉM TÔ NUMA DÚVIDA…. MEU FILHOTE TEM 04 ANOS E QUE UM IRMÃOZINHO, MEU MARIDO TEMBÉM, EU TENHO MEDO, POIS TRABALHO E FAÇO FACULDADE. FICO DIVIDIDA ENTRE A EMOÇÃO E A RAZÃO.
    MAS COM CERTEZA UM FILHO SÓ É POUCO.
    BYA.

  22. Adriana Takizawa disse:

    Bem ja temos uma filha de 2 anos e dois meses, ela nunca me deu trabalho somente prazer …amo cuidar dela sempre quiz ser mãe, o nascimento da Harumi foi muito bem planejado e quero muito ter mais filhos gostaria de ter mais um para formar uma família maior.
    deixei tudo para ficar cuidando da nossa primeira filha creio que logo vou ter outro filho para que quando eu voltar a trablhar não precisar mais parar.
    Acho que mãe cuidadno de filho é muito importante eu nunca me canso faço tudo com amor e dedicação…estou criando filhos felizes que com certeza terão muito sucesso na vida pessoal, sentimental enfim pessoas realizadas. cuide de seus filhos para que eles sejam sempre melhores que vcs.

  23. Juliana bentes disse:

    Oi gente,
    tenho uma filha de 1 ano e 7 meses.Trabalho e estudo e jah quero meu 2º bb!!quando ele nascesse, minha filha teria 2 anos e meio…pode parecer loucura mas como passo o dia fora, imagino q meus dois filhos ou filhas ficariam sempre juntos(as)e não sofreriam tanto com a nossa ausência durante o dia!
    Vale ressaltar q quando estamos com nossa filha, a aproveitamos ao máximo e tenho um super marido q é também super pai! q vcs acham??

  24. Chris disse:

    Olá pessoal!
    Eu tb estava numa dúvida cruel em relação a ter o segundo já que o Lucca está com 3 anos e 2 meses… Mas agora o meu marido bateu o pé que não quer mais por causa da situação financeira. Só que eu não quero que a diferença entre elas seja grande e eu já estou com 33 anos… Estou mt triste pela decisão dele mas tenho que respeitar… Afianl, filho tem que ser bem vindo, bem planejado…
    Bjs.

    • ola chris, explique a ele o qto e importante para vc e como se sentiria completa com a chegada do 2 filho. não tenha vergonha de expressar sua tristeza ao seu marido, pois ele hoje também e sua família…isso pode ajudar que ele mude de ideia.

      beijossss…

  25. Chris disse:

    Olá Cris.
    Primeiramente, obrigada pelo conselho, eu ainda não desisti mas vamos ver até quando. Agora em relação a vc, se vc quer apesar do Léo já estar com seis anos vc tem mais é que encarar. Ainda mais que o seu marido tb concordou. Eu não quero que a diferença dos meus seja tão grande porque acabam sendo criados sozinhos… Acho que não ficam tão amigos como eu e meu irmão por exemplo. Nossa diferença é de 2 anos e 9 meses e por isso, nossa adolencência foi ótima. Éramos muito companheiros (e ainda somos), tanto é que nossa turma era a mesma e eu conheci o meu marido através dele. É tudo de bom! Vou ficar daqui torcendo por vcs.Bjs e fiquem com Deus.

  26. Chris disse:

    Olá Cris.
    Primeiramente, obrigada pelo conselho, eu ainda não desisti mas vamos ver até quando. Agora em relação a vc, se vc quer apesar do Léo já estar com seis anos vc tem mais é que encarar. Ainda mais que o seu marido tb concordou. Eu não quero que a diferença dos meus seja tão grande porque acabam sendo criados sozinhos… Acho que não ficam tão amigos como eu e meu irmão por exemplo. Nossa diferença é de 2 anos e 9 meses e por isso, nossa adolencência foi ótima. Éramos muito companheiros (e ainda somos), tanto é que nossa turma era a mesma e eu conheci o meu marido através dele. É tudo de bom! Vou ficar daqui torcendo por vcs.Bjs e fiquem com Deus.

  27. Nuno Jorge disse:

    Oi,
    tenho uma filhota de 4 anos, a Ana, que apesar de estar separado da mãe da Ana pouco tempo após ter nascido, eu e minha filha temos uma relação de grande proximidade, nos amamos mesmo muito!
    Agora vou ser pai de novo, e tenho muito receio da reacção que a Ana irá ter quando souber!!!! Não sei mesmo como contar que a Ana irá ter um irmão ou irmã!!???

  28. Daniela disse:

    O meu Victor tem 3 anos e tenho 34 anos, até o momento não tenho vontade nenhuma de ter um segundo filho e não aguento mais a cobrança dos outros sobre quando terei outro bebê. Tenho 1 irmão com 6 1/2 de diferença (sou a mais velha) e acho que uma diferença de idade grande não atrapalha muito.

  29. Erika Cristina Justino disse:

    Olá,eutambem estou com este problema quero mais um filho mas tenho medo do Eduardo ficar com ciumes e não aceitar mais uma criança na casa.Por ora deixo a vontade do segundo filho para depois ,mas sei que vai ficar cada vez mais dificil pois o Dudu já tem 3 anos e não quer saber de nos dividir com mais ninguem.

  30. laura disse:

    tenho 23 anos ,e já tenho um filho de 05 anos quero muito ter outro,mas meu marido não quer …Penso em ter o segundo e fazer laqueadura mas tenho medo de me arrepender por causa da minha idade…

  31. Bianca Monteiro disse:

    Olá Ana, no meu caso é assim, sempre pensei em ter o segundo filho quando minha primeira tivesse pelo menos 2 anos: nada disso hoje ela tem 3 anos e 5 meses e até agora nada, meu esposo não quer por enquanto. Estive conversando com o meu GO e ele me disse que na hora de decidir pelo segundo filho teria que ser uma decisão tomada pelo casal, porém também afirmou que 80% da decisão de ter um segundo filho é da mulher pois na maioria das vezes é ela quem muda a rotina e ela quem abandona o emprego, tem vezes que é ela quem acorda todas as noites (o que não é o meu caso graças a Deus) porém meu esposo não quer agora.
    A minha filha quando falo em dar um irmãozinho(a) a ela, ela diz que não quer porém quando pergunta o que esta na barriga da mamãe ela diz que é o Miguel, cobra e pergunta se eu não vou comprar o Miguel para ela, e sempre que vê um bebezinho, quer levá-lo para casa, espero que no segundo continue assim. Hora certa acho que somente será quando acontecer, seja agora ou daqui a 10 anos, simplesmente terão de estar preparados para a chegada e a nova mudança. Espero que consiga realizar seus desejos e que sua filha cuide muito bem da sua próxima criança. Meu lema agora é ter escondido do meu esposo e dizer que simplesmente aconteceu ou esperar o tempo dele, que sabesse Deus quando será. Bjs. Fiquem com Deus.

  32. Fernanda disse:

    Olá, adorei seu blog, acabei parando aqui por acaso…
    este tema é um tema que já rolou várias vezes (e continua rolando) na minha vida e na minha cabeça… na verdade também sempre quis ter 2 ou 3 filhos. Meu marido 2 no máximo, mas 1 está ótimo pra ele. Minha diferença com meu irmão também é pequena, 1 ano e meio… quando meu filho estava com 1 ano e meio resolvemos tentar o segundo filho, veio de cara o positivo, mas com 9 semanas tive um aborto retido. Desde então não tive mais coragem de tocar no assunto, nem de tentar de novo. Então o arquivo também está arquivado por tempo indeterminado. Meu filho também faz 3 anos daqui 3 meses e o tempo vai passando né? mas acho que o reloginho biológico fala mais alto, na hora certa vai rolar… e sobre sua filhota falar que não quer e tal, ela não sabe o que é exatamente, e acho que faz parte ter um sentimento de posse com vcs… meu filho fala o oposto (também por não saber o que é) eu quero um irmão, mamãe compra um irmão pra mim?
    bjs!
    Fernanda

  33. eliana disse:

    meu caso nao e diferente tenho 27 anos e uma filha de 9 anos do meu primeiro casamento agora ja to casada a 2 anos e meu atual marido quer ter um filho pq ele nao tem nenhum mais tenho medo sei la acho qui nao to preparada ainda pra largar meu emprego sou empresaria e deixar alguem no meu lugar nao acho uma boa ideia eu ainda to amadorecendo a ideia de ter o 2 filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>